sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Plano de aula - Pedagogia Histórico-crítica

Sei que já estamos na reta final de 2011. Mas, é justamente nessa hora que devemos refletir sobre o nosso desempenho como professores e aproveitar para rever nossa prática docente. Apesar de termos de produzir planos de aula com muita frequência, este é um tema que gera inúmeras discussões e dúvidas entre os professores de todos os níveis de ensino. Por isso, hoje quero destacar o modelo de plano de aula baseado na pedagogia histórico-crítica, o plano que será apresentado é descrito no livro "Uma didática para a Pedagogia Histórico Crítica" escrito  por João Luiz Gasparin. Apesar de ser bastante complexo, este modelo de planejamento é bastante completo e, nos permite a reflexão diária acerca de nossas escolhas enquanto professores.
http://www.skoob.com.br/livro/73760
A Pedagogia Histórico-Crítica tem como pressuposto que o conhecimento é uma construção histórica e coletiva e, por isso, deve ser socializado, cabendo à escola esta socialização. Por isso, a importância do domínio do conteúdo, sendo este, por sua vez, um instrumento tranformador da realidade. O conteúdo, por sua vez, deve estar relacionado com a prática social do aluno para que seja apreendido com visão de totalidade e criticidade.
Desta forma, o professor deve partir da realidade do aluno, de como ele a percebe e como se relaciona com ela. O resultado final deste processo também deve estar relacionado com a realidade do aluno, pois este deve se ver como indivíduo modificador e, principalmente, desenvolver uma visão mais elaborada, sistematizada e crítica de sua realidade para tranformar qualitativamente sua intervenção na mesma. Assim, a mediação do professor tem papel fundamental no desenvolvimento de uma aula que seja capaz de levar o aluno a estabelecer relações, analisar, refletir e contruir sua autonomia intelectual.
No momento de planejar a aula o professor deve ter clareza de seus objetivos, domínio do conteúdo e consciência das relações entre seu conteúdo com a prática social a fim de que o aluno possa compreender a função social do conteúdo trabalhado.

Planejamento

Instituição:
Disciplina:
Série:
Horas-aula necessárias para o desenvolvimento:
Professor:

  1. Prática Social Inicial: (como você irá abordar o conteúdo)
1.1 Conteúdo: (listar os conteúdos em tópicos)
1.2 Vivência do conteúdo: (diálogo e discussão coletiva, anotar o conhecimento dos alunos, esclarecer o levantamento da realidade sobre o tema: - O que os alunos já sabem sobre o conteúdo; - O que os alunos gostariam de saber mais)

     2. Problematização: (Transformar o conteúdo em questões desafiadoras que levem os alunos a quererem saber mais sobre o conteúdo; mostrar a relação entre o conteúdo e a prática social)
     3. Discussão sobre o conteúdo: (Identificação e discussão sobre os principais problemas postos pela prática social e pelo conteúdo; - Trnaformação do conteúdo e dos desafios da prática social inicial em questões problematizadoras/desafiadoras)
3.1 Dimensões do conteúdo a serem respeitadas:
  • Conceitual: conceitos, cientificidade.
  • Histórica: construção histórica deste conteúdo.
  • Econômica: relações possíveis - consumismo, economia doméstica, etc.
  • Social: relações necessárias com a prática social do aluno.
  • Legal: implicações com a lei. Existe legislação sobre este tema?
  • Estética/afetiva: relações possíveis.
  • Religiosa: relações possíveis.
  • Cultural: relações possíveis.
       4. Instrumentalização
4.1 Ações docentes e discentes - Metodologia
4.2 Recurso
        5. Catarse
5.1 Síntese mental do aluno - momento em que o aluno manifesta para si o que aprendeu, o que incorporou além do que já sabia sobre o assunto.
Ex.: Em relação ao conteúdo, quais os novos conhecimentos que se espera que o aluno incorpore? Síntese dos conteúdos necessários - através de levantamento de tópicos, síntese individual, produção de texto coletivo, entre outros.
5.2 Expressão da síntese (Avaliação) : Criar condições para o aluno expressar os novos conhecimentos: provas, debates, apresentações, etc.
        6. Prática Social Final:
Ações concretas da função social do conteúdo.
Ex.:
Intenções do aluno:
Aprender mais sobre a água / Economizar água

Ações do aluno:
Ler mais sobre o tema / Assistir a um filme / Tomar banhos mais rápidos / conversar com a família / fechar as torneiras / etc.
 
 
 
 
Apesar da complexidade deste modelo, podemos criar adaptações a realidade de nossas escolas e colocar em prática alguns pontos deste plano de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, crítica ou sugestão para enriquecer nosso trabalho.